12 julho 2006

Febre...

Tá, febre.
E lá vamos nós de novo.
Velhas conhecidas, nós duas.
Sei quando você está aqui, mesmo sem precisar provar.
E, sarcástica que é, quando tento provar prá alguém você não aparece.
Covarde...
Minha cabeça que fervilha em pensamentos rescaldados; meu corpo que acende de repente, e gela por dentro.
Não sei o que precede o quê.
Ou se vem tudo junto.
Como tudo na minha vida...
BUM!
Ah. Febre.
Se você não fosse tão covarde me mostraria esta sua cara imensa e vermelha, e eu te encheria de porrada.
Com toda a intimidade que é minha por direito...

4 comentários:

Elektra disse...

Kris,

Obrigada minha querida amiga!
Comemoramos este dia tão juntinhos!
Dare é meu menino perfeito.

Um grande beijo e continue se cuidando para que ela não te cause mais nenhum transtorno.

Julis disse...

ai adorei, manda logo essa febre embora! rsrsrs

Anônimo disse...

Xô, febre!!!
Sai de perto da Kika, q Ela tem coisas melhores pra aproveitar!

=****
Boa semana, e espero q já tenha melhorado!

Chuva disse...

*esquecida*
Nota: fui eu quem postou acima... -___-'''