02 agosto 2006

Significados de Sonhos...

Tive outro sonho ruim...
É, quase nunca falo de meus sonhos por aqui, mas eu os tenho e pior que tê-los, é tê-los sem aúdio, o mínimo que consigo é ouvir estampidos graves e ritmícos, como os "tuns tuns" ou "puts puts" de música eletrônica. Bizarro...
Mas voltando ao sonho...
Uma pessoa chega perto de mim com um cartaz e uma caneta, senta-se no chão e põe-se a escrever, depois me mostra o escrito:
"Sei que você não vai me ouvir, você nunca me ouve; então resolvi escrever, assim tenho a consciência de que te avisei."
Quando essa pessoa pegou a caneta novamente e uma nova folha, vi um raio cortando o escuro da noite.
Pois bem, ela escreveu:
"Nem sempre ser poupada de alguns fatos fará com que você fique bem.
Procure, opine, converse e o mais importante - Não tenha dúvidas..."
Percebi que eu falava com essa pessoa (sem o aúdio) mas sei exatamente o que eu perguntava a essa pessoa, e claro que como em todo sonho que temos a maioria das vezes a pergunta foi: "Mas o que você quer dizer com isso?"
Novamente essa pessoa pôs-se a escrever, novamente o breu e o raio...
Acordei com um trovão... Muito, muito assustada!

***

Tenho uma prima que é uma "persona non-grata", quem me acompanha desde alguns anos entende o motivo, pois bem, uma vez entre o natal e o reivellon de 2004 para 2005 eu discuti com meus pais por terem convidado a dita cuja... Avisei que não me responsabilizaria por qualquer provocação que ela fizesse, pois bem, nessa noite, dormi tão brava que sonhei com ela me provocando de tudo quanto é jeito e eu voava na cara dela com as unhas para rasga-lá. Resultado desse sonho é que acordei com uma pelinha com sangue em minhas unhas e ganhei uma pequena (quase imperceptível) cicatriz numa altura entre o pescoço e os seios...

***

Sonhei uma vez que estava num tipo de simba-safari, só que a pé, no meio dos bichos, e quando eu olhava para um galho de uma árvore acima de minha cabeça lá estava uma cobra... ernome, gigante, muito muito grande, do meu lado direito vi uma placa onde se lia: Jibóia mostrei a minha mãe que estava comigo no sonho e ela apontou-me a placa que estava do meu lado esquerdo, que era exatamente o lado em que estava a árvore com a cobra; lá podia-se ler: Anaconda...

Acordei assustadíssima, e contei o sonho para minha mãe, pois ela sabe o quanto eu tenho pavor de qualquer ser vivo que rasteja, ela só me falou: "uma pessoa muito querida por você vai te dar uma punhalada pelas costas quando você menos esperar, abre seus olhos"...
Não levei a sério, mas pouco menos de um mês depois do sonho teve uma pessoa que já foi muito importante na minha vida, participamos juntas de várias coisas, aprontavamos e tinhamos os gênios bem parecidos... E essa pessoa simplesmente achou que nossa amizade era velha demais e que estava na hora de aposenta-lá, arrumou um motivo para desfazer-se da mesma, simples assim. Enfim, passado!!!


Mas, de verdade, vai entender os sonhos?!

Um comentário:

Redd disse...

bom, talvez o cartaz do moço queira dizer pra vc não evitar certas coisas q possam eventualmente te machucar, e correr riscos...

sei lah...

realmente, vai entender os sonhos...

vai entender o SONHO...