12 fevereiro 2008

Vida nova



Uma colega do Namorado deu a luz uma nenenzinha (ainda sem nome definido) ontem a noite por volta das 22:00hs.

Estou feliz por ela e pelo pai da pequena (que também é amigo do Namorado), cada criança que vem ao mundo, faz com que tudo ao redor se renove, faz com que todos se encham de esperança e de crença no futuro. Fica tudo como se fosse numa nuvem, e como se na nuvem houvesse um jardim imenso (seria o paraíso???) se é que alguém me entende...

Mesmo tendo ficado feliz por ela e mesmo desejando toda boa sorte, saúde e felicidade para a pequena que chegou a pouco, não sei se pelo fato de estar com TPM ou se pela proximidade da data, fiquei triste, murcha, sem vontade nenhuma... De nada...

Como quem sente falta de alguém que chegou bem perto (como alguém que senti bem perto) e que de repente, hoje, procuro e vejo que não existe...

Como alguém que apesar de todo o otimismo na vida, no futuro e em outras tantas coisas, sabe que o tempo tá passando e está vendo o mesmo se esvaindo como um conta-gotas...
Enfim...
Muita saúde e felicidade para a pequena...

Um comentário:

xuva disse...

Uma nova vida, uma nova esperança.
Parece q sempre q um bebê nasce, ele consegue nos desarmar.
E ficamos indefesos e os sentimentos afloram com mais força.
Gostei da sua homenagem ao nascimento do bebê. ^^
Muita felicidade e saúde à nenem.

E espero q a saudade q vc sente tenha se recolhido...
Bjos! =***