25 outubro 2012

Desabafo...


Sabe, comecei a fazer um balanço dos últimos 12 meses...

O bicho tá feio pro meu lado.

Outubro 2011 - Perdemos um sonho, por causa do egocentrismo de pessoas próximas... Senti o quanto faz falta ter meus irmãos e amigos por perto...

Novembro 2011 - Meu filho teve catapora e eu não pude cuidar dele, pois não tive catapora e estava grávida da Isadora. Sofri horrores as duas semanas que fiquei longe dele por causa disso.

Fevereiro 2012 - Fui feita de "besta" num episódio do: "parece, mas não é..." e me senti humilhada com essa situação, engoli a seco e deixei passar...

Março 2012 - a Isadora nasceu (ela tem salvo o lado negativo desse período)...

Julho/Agosto 2012 - Uma pequena chama chamada Esperança brotou em meu coração, com a possibilidade de reconquistar um projeto deixado para trás a um ano...

Setembro 2012 - Fiquei doente e percebi que dor não marca hora para nos atacar, porém, nem todos ao meu redor perceberam a mesma coisa...
Precisei deixar minha bebê numa escolinha para fazer o curso do seguro "desespero", como dizem as professoras do Senai... Chorei (e choro) horrores por ficar sem ela durante meus dias...

Outubro 2012 - Minha vocação para Amélia foi enterrada de vez, numa cova bem funda. Junto com ela, foi-se a tal esperança do tal projeto. Fiquei triste de novo, chorei sozinha por perder pela segunda vez o mesmo projeto...

Começaram a aparecer boas oportunidades profissionais (algo relativamente positivo)...

Em contra partida, pessoas que amo tem se tornado verdadeiras estranhas, me tratando com grosseria várias vezes... Fazendo parecer que só eu sou imperfeita...

Enfim, tenho suportado muita coisa (ou simplesmente, tenho engolido muita coisa) para não arrumar briga ou para não criar clima ruim...

Mas, depois de 12 meses suportando algumas dessas coisas, tenho me sentido fraca... Sem energia... Esgotada...

Um comentário:

RR disse...

blog de humor:
http://cafednoite.blogspot.pt/